Pular para o conteúdo principal

Projeto 1001 #7.4 | Até mais, e Obrigada pelos Peixes! - Douglas Adams


O Guia do Mochileiro das Galáxias #4
Editora: Arqueiro
Páginas: 203
Estrelas: ✬✬✬✬
Publicado originalmente em 1984 com o título de So Long, and Thans for all the Fish


Depois de viajar pelo Universo, ver o aniquilamento da Terra, participar de guerras interestelares e conhecer estranhas criaturas, Arthur está de volta ao seu planeta. Tudo parece igual, mas ele descobre que algo muito estranho aconteceu na sua ausência. Curioso com o fato e apaixonado por uma garota tão estranha quanto o que quer que tenha acontecido, ele parte em busca de uma explicação.


Como vocês sabem, já li e resenhei os três primeiros livros desta série aqui: O Guia do Mochileiro das Galáxias, O Restaurante no Fim do Universo e A Vida, o Universo e Tudo Mais.

Com a ressalva do terceiro livro, que não gostei muito, sou uma entusiasta da série. Gosto muito dos personagens, sou apaixonada pelo Marvin (♥) e amo o humor constante nos livros.

Volta a subir minha opinião com relação a este quarto e penúltimo livro (dos escritos pelo Douglas Adams). De volta à Terra, continuam as aventuras de Arthur Dent.

Uma coisa que eu geralmente não gosto, mas que faz todo o sentido nessa série, é quando eu não estou entendendo direito o que está acontecendo e o que está por acontecer. No caso desse livro, e série como um todo, é um plus. Não consigo perceber o final do livro ao fazer a leitura, qualquer coisa pode acontecer e fazer sentido na história.

Mas... a Terra não tinha sido destruída no primeiro livro? Pois é. Arthur está de volta e pegando carona com alguns desconhecidos, dentre eles, uma moça, por quem ele acaba se envolvendo ao longo do livro.

Senti um pouco de saudades dos outros personagens, que aparecem muito pouco. Já que o foco aqui está no Arthur e, se me permitem, onde estão os golfinhos? Com a "destruição" da Terra, os golfinhos sumiram.

Ainda bem que tenho "economizado" os livros dessa série, porque, sinceramente, adoro! Acho que super vale a pena e quero muito ver como essa história acaba (ou não).


E você? Já leu? Deixe sua opinião nos comentários!
Siga o blog!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.

Resenha | Como pensar mais sobre sexo - Alain de Botton

Editora: Objetiva
Páginas: 152
Estrelas: ✬✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 2012 com o título de How to Think More About Sex

Não pensamos muito sobre sexo; na verdade pensamos sobre ele da maneira errada. Assim declara Alain de Botton neste livro rigoroso e honesto cujo objetivo é nos guiar por esta experiência íntima e excitante – porém muitas vezes confusa e difícil - que é o sexo. Poucos de nós acreditamos ser completamente normais no que diz respeito ao sexo, e o que se presume que deveríamos estar sentindo raramente é a realidade. Este livro argumenta que o sexo do século XXI está fadado a ser um jogo de equilíbrio entre amor e desejo, aventura e comprometimento. Abrangendo assuntos como desejo, fetichismo, adultério e pornografia, Alain de Botton reflete sobre os dilemas da sexualidade moderna, oferecendo insights e conforto para nos ajudar a pensar mais profunda e sabiamente sobre o sexo que estamos, ou não, fazendo. A partir de meados do século XX, o discurso sobre o sexo foi s…