Pular para o conteúdo principal

Resenha | Adoráveis Homens Errados - Biba Gomes

Editora: Publicação independente.
Páginas: 230
Estrelas: ✬✬✬
Skoob
Publicado em 2014.

Neste livro, a autora, Biba Gomes, se inspira nas histórias reais conflituosas de mulheres modernas e inteligentes, em busca de um parceiro ideal, na sociedade de hoje. Com um pouco de ficção, sua imaginação fértil retrata, nas aventuras vividas por suas três personagens, uma pátina de cores vivas, com pequenas zonas de cinza e algumas pitadas de humor e erotismo.


Mais uma leitura de kindle que deixa um pouco a desejar. Esse livro é constituído de três partes representando cada personagem feminina. E dentro de cada parte, vários contos retratando os casos amorosos das mulheres.

Começamos por Eva, uma mulher negra formada em Direito. Passando por Victória, uma jornalista ruiva. E terminando com Sofia, uma artista tímida e culta.

Sob cada perspectiva, a autora vai desenvolvendo contos quase eróticos das vivências amorosas de suas personagens. Contando com menage à trois, o vizinho safado, o playboy metido, um músico comprometido, um doente mental, um brocha e assim por diante, deu para entender, né?

Eles são contados de maneira bastante descritiva, senti como se estivesse lendo contos eróticos sem tanto erotismo assim. Mas é algo parecido com "Fulana, tal idade, bunda de tantos centímetros...". Deixou a desejar um pouco na escrita.

É claro que por vezes rolou uma identificação. Afinal, duvido que qualquer mulher não tenha passado por pelo menos uma das situações descritas. Esses adoráveis homens errados tem seus papéis da vida de todas nós.

Uma coisa que gostei bastante foi que cada história é iniciada por uma ilustração relativa ao conteúdo do conto que seguirá. São desenhos bem legais e engraçados.

Um livro bem fácil de ler, poderia facilmente ser lido numa tarde ociosa. Eu demorei alguns dias para terminar, pois não me identifiquei com as personagens e também por apreciar mais uma história contada em prosa do que em contos. Mas o livro é legal. Um livro ok. 

E você? Já leu? Deixe sua opinião nos comentários!

Comentários

  1. Esse livro não me cheirou bem! RsRs Eu também prefiro livros em prosa que em contos e esse livro parece ser feito mais para mulheres, mas bem que eu poderia dar boas risadas. Ah, fiquei curioso pelas ilustrações!

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/
    El Costa, do Confins Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, deve ser estranho ler sendo homem. Qual categoria vc se encaixaria? haha

      Beijos!

      Excluir
  2. Não li o livro e nem tinha ouvido falar dele..
    Infelizmente n chamou minha atenção...
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não está perdendo muita coisa, Camylla! Tem livros melhores para colocar na frente hehe

      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, Rafa! Fiquei feliz em encontrar a resenha do meu livro aqui! Não conhecia seu blog! Achei interessante sua crítica, afinal, sendo construtivas são sempre válidas. E fiquei bem feliz por ter gostado dos desenhos, afinal, os imaginava, descrevia e o talentoso Cloves Rodrigues os concretizava! Achei legal vc ter prestado atenção nos detalhes e descrições de cada personagem! =) E adorei o "quase eróticos", acho que define por onde passa o gênero do livro! Ah, e Clarice tb eera uma das preferidas da Sofia... ;) Um beijo, Biba Gomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biba, que bom que vc gostou, mesmo sendo crítica! Fiquei surpresa com seu comentário, é incrível o que a internet nos proporciona!
      Obrigada por comentar!

      Beijão!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Resenha | Eu Fui a Melhor Amiga de Jane Austen - Cora Harrison

Editora: Rocco
Páginas: 320
Estrelas: ✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 2010 com o título de I Was Jane Austen's Best Friend

Chega ao Brasil o livro: "Eu fui a Melhor Amiga de Jane Austen" da autora Cora Harrison. A história tem o objetivo de introduzir os mais jovens ao empolgante mundo dos livros de Jane Austen. O livro traz uma combinação entre fatos históricos e ficção, apresentando a relação entre as adolescentes Jane Austen e sua prima Jenny Cooper.

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.